COMO DESCOBRIR SE VOCÊ TEM HABILIDADES DE UM EMPREENDEDOR

0

Para se tornar uma empreendedora de sucesso, você precisa descobrir suas habilidades e dar a si mesma todas as oportunidades possíveis para alavancar essas aptidões e usá-las a seu favor. Mas, como descobrir se você tem habilidades de um empreendedor?

Então vamos lá, pegue caneta e o seu caderninho que agora te direi como descobrir se você tem habilidades de um empreendedor!

empreendedorismo para mulheres

Dedicar um tempo para descobrir seus pontos fortes e se concentrar no aperfeiçoamento das suas habilidades, a ajudarão a dar um salto em seu setor. Esse é um ponto de decisão crucial na jornada de todo empreendedor. Principalmente na etapa de validar uma ideia de negócio, obter o primeiro impulso e adquirir os seus primeiros clientes.

Através dos meus estudos sobre  esse tipo de perfil, percebi as semelhanças que essas pessoas tem em comum. Elas costumam ser implacáveis quando se trata de gerenciamento de oportunidades e de tempo. Sabem a importância de otimizar seu estilo de vida e fazer seu trabalho mais desafiador na hora do dia que melhor lhes convêm. Elas nunca desistem e se recusam a aceitar um não como resposta. Primordialmente, esses são traços que definem as definem como empreendedoras.

O que eu acho muito interessante é que, todo empreendedor que tive a oportunidade de conhecer, compartilha uma fantástica capacidade de se recuperar das adversidades com mais facilidade do que outras pessoas, se adaptam surpreendentemente às mudanças e continuam a busca pelo sucesso.

Eles também compartilham diferenças gritantes entre si. Isto é, a forma de abordagem para alcançar o sucesso e as ferramentas que utilizam  variam muito de um para outro. Suas diferenças mais notáveis estão nas principais forças que possuem. Por outro lado, suas semelhanças emanam de quão bem eles identificaram e melhoraram seus pontos fortes ao longo do tempo, para compensar o que lhes faltava em outras habilidades, talentos e traços de caráter.

Descobrindo seus pontos fortes e tirando vantagem deles!

Vamos a um exemplo da vida real.

Os primeiros rivais da tecnologia, Bill Gates (Microsoft) e Steve Jobs (Apple), introduziram inovações radicais no mundo da computação, que tiveram um impacto de longo alcance nas vidas de todos no planeta. Comparando os dois, eles foram completamente diferentes em suas abordagens e trajetórias empresariais.

Embora o próprio Gates fosse um engenheiro de software altamente qualificado que escreveu pessoalmente o código para produtos da Microsoft, Jobs era um designer inigualável que frequentava aulas de caligrafia como um aluno informal e nunca escreveu uma única linha de código.

Esses dois homens produziram impactos duradouros com ofertas de produtos muito semelhantes, exatamente no mesmo setor, no mesmo período de tempo, com um conjunto de forças e habilidades completamente diferentes. A capacidade compartilhada de identificar e apoiar-se em seus pontos fortes e habilidades mais úteis, lhes permitiram alcançar a grandeza.

Há um número imenso de traços de caráter que podem contribuir para o seu sucesso como empreendedora. Como, por exemplo, uma forte capacidade de liderança, ser um bom negociador ou ter um foco de laser.

O fator decisivo em como você se tornará bem-sucedida no mundo dos negócios é realmente com que rapidez e eficiência você é capaz de identificar seus pontos fortes, transformá-los em ativos valiosos para  a sua causa e se concentrar incansavelmente em atividades e ideias de negócio que envolvam essas habilidades.

“O sucesso nos negócios depende da capacidade de identificar e usar seus pontos fortes.”

Em 2014, uma importante empresa de opinião americana, a Gallup, revelou os resultados de um estudo sobre empreendedorismo, que envolveu anos de pesquisa e colaboração com mais 2.500 empreendedores. Entre outras coisas, o estudo descobriu dois pontos muito interessantes.

1. Existem dez talentos que impulsionam o sucesso empresarial.

2. Você tem uma chance maior de sucesso se for consciente e souber usar seus pontos fortes e talentos naturais.

Embora alguns empresários e pesquisadores possam discordar sobre quais são esses dez talentos que impulsionam o sucesso empresarial, há um consenso esmagador de que o sucesso é obtido com mais frequência concentrando-se na utilização de pontos fortes e talentos.

Eu prefiro começar um negócio em um setor no qual trabalhei e servir clientes com os quais estou familiarizada. Faz parte do meu processo pessoal para me jogar numa nova empreitada. Assim, alimento os meus pontos fortes e foco em fazer apenas o que eu faço melhor.

Você deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para evitar oportunidades de negócios e papéis nos quais seria forçado a usar seus pontos fracos. Às vezes é inevitável fazer coisas nas quais não somos bons – De vez em quando tudo bem, sem problemas. No entanto, você deve se esforçar para limitar essa exposição sempre que possível.

Vamos ao meu exemplo. Quando surgem novas oportunidades como profissional de marketing, sempre que elas exigem atividades que não estão dentro dos meus pontos fortes principais – pontos que fujam de uma estratégia de marketing – eu prefiro recusar o trabalho ou terceirizar essas minhas fraquezas para outras pessoas que sejam experts naquele assunto e que possam complementar o meu trabalho.Tempo é infinitamente mais valioso do que dinheiro para mim e perder tempo com tarefas esporádicas que eu não domino, está fora de cogitação.

“Nos negócios, tempo é infinitamente mais valioso do que dinheiro.”

Você prefere gastar seu tempo impulsionando o crescimento da sua empresa usando as suas habilidades e pontos fortes em que já é qualificada ou gastando seu tempo pessoal limitado aprendendo uma nova habilidade que atualmente está fora do curso natural da sua rota? Há momentos em que fazer um pit stop para aprender uma nova habilidade, pode valer muito a pena, mas somente se seu objetivo é desenvolver essa habilidade para te fortalecer naquele ramo de negócio.

como descobrir se você tem habilidades de um empreendedor! 7 passos para descobrir seus pontos fortes.

Algumas pessoas são boas com números. Outras são especializadas em programação. Eu, por exemplo, sou ótima em contar histórias e simplificar idéias complexas.

E quanto a você? No que você é boa?

Conhecer seus pontos fortes e tirar proveito deles é a chave para ter sucesso em qualquer negócio que você queira começar. Seus pontos fortes (talentos, habilidades, paixões, traços de caráter) podem ser a faísca que a levou a desejar começar um negócio próprio. É por isso que você precisa se concentrar em identificá-los e fortalecê-los.

Enfim, antes de prosseguir, vou te explicar dois atributos necessários no mundo dos negócios. Eles se combinam entre si para formar pontos fortes no empreendedorismo. são conhecidos como Soft SkillsHard Skills.

As Soft skills são atributos pessoais que nos permitem interagir de forma eficaz e harmoniosa com outras pessoas. Ou seja, são competências subjetivas. Conhecidas também, como habilidades interpessoais. Estão relacionadas à inteligência emocional. Atitude positiva, resolução de problemas, empatia, ética, comunicação, pensamento criativo, liderança, motivação, paciência são algumas deles.

Já as Hard Skills são habilidades específicas que podem ser aprendidas e medidas. Estão relacionadas a inteligência intelectual. Contabilidade, enfermagem, operação de máquinas, direito, estão entre elas.

como descobrir se você tem habilidades de um empreendedor.

1. Determinando as suas Soft Skills.

Como mencionamos acima, as soft skills são seus atributos pessoais que permitem que você interaja de forma eficaz e harmoniosa com outras pessoas. Em suma, essas são as habilidades que você possui e que não podemos quantificar. Basicamente, este é o seu QE, ou seja, Inteligência Emocional.

Quando comecei minha primeira empresa (comecei informalmente) , eu só possuía soft skills. O que me faltava em hard skills, eu compensava significativamente com determinação, otimismo e habilidades pessoais que me ajudaram a construir as conexões significativas que eu precisava para fazer minhas ideias saírem do papel . Logo depois,  me qualifiquei nas habilidades que o meu negócio exigia.

Em nossa comparação entre Bill Gates e Steve Jobs,  Jobs claramente possuía e apoiava-se em suas habilidades sociais mais fortes (soft skills), a fim de levar a Apple até o sucesso. De muitas maneiras, Jobs foi um modelo fenomenal das melhores habilidades que os empreendedores possuem em termos de dedicação ao consumidor. Gates, por outro lado, adotou uma abordagem oposta e utilizou suas habilidades técnicas na Microsoft (hard skills).

Estou preparando um guia de Avaliação de Habilidades gratuito que disponibilizarei em breve aqui no blog. Criado especialmente para as minhas maravilhosas leitoras. Quero ajudá-las a descobrirem quais as suas competências mais importantes. Este é um passo essencial no processo para definir como você interage com os outros e quais características complementares você deve procurar em potenciais parceiros de negócios.

2. Desmembrando as suas maiores vitórias.

Durante o mês passado, eu desenvolvi um curso online para um cliente. Dormia pouco e ainda trabalhava no meu projeto pessoal. Ainda sim, me senti energizada naquela semana. Eu adorei, ainda que tenha sido uma semana puxada. Surpreendentemente, foi uma grande vitória para mim. Dos eventos que ocorreram naquela semana, eu aprendi muito sobre mim mesma em termos de quais soft skills me ajudaram a ter sucesso. Essa experiência me ensinou muito sobre quais habilidades interpessoais eu precisava aproveitar nos meus negócios.

“Ir além da sua zona de conforto vai te fazer enxergar uma quantidade de coisas incríveis sobre você.”

Agora é a sua vez. Pense em uma ocasião em que você fez um excelente trabalho. Um projeto que tenha sido desafiador ou em uma ocasião em que se sentiu particularmente bem-sucedida com algo em que trabalhou. Pergunte a si mesma, o que você estava fazendo exatamente naquele momento e quais habilidades interpessoais você empregou para ajudá-la a alcançar o resultado final?

3. Descobrir o que vem naturalmente de dentro.

Parte integrante deste processo de descoberta, está em olhar para o passado e descobrir no que você sempre teve facilidade. Um dom natural para determinada coisa, o que flui naturalmente. O que seus pais, amigos, professores, colegas de trabalho, gerentes sempre lhe disseram que você é boa? Por quais atributos, normalmente, as pessoas te elogiam? Escreva tudo! Formule perguntas e busque as respostas com você mesma e com as pessoas ao seu redor e que fazem parte do seu quotidiano.

Concentre-se em achar, pelo menos, cinco coisas nas quais você tem talento natural. Estas são, provavelmente, as suas habilidades mais fortes.

4. Pergunte aos outros quais são os seus pontos fortes.

Depois de ter feito a sua introspecção e com as habilidades que você acredita serem seus ativos mais preciosos, é hora de procurar as pessoas que você conhece e confia e obter uma opinião externa.

Há alguns anos atrás, eu descobri que uma das minhas forças mais valiosas, é a minha capacidade de negociação e sangue frio para participar de negociações arriscadas. Isso realmente me dá prazer!

Agora é a sua vez. Converse com algumas pessoas que te conheçam bem, que sejam da sua confiança e que dariam um feedback sincero. A honestidade é essencial nessa etapa do processo.

Você vai pedir que elas compartilhem com você, o que acreditam ser os seus pontos mais fortes. Se elas puderem dar um exemplo de quando você demonstrou essas habilidades, com toda a certeza, seria uma grande vantagem. Seu objetivo é obter a percepção daqueles que te conhecem melhor, sobre o que eles percebem como seus pontos fortes. Essa etapa vai ajudar a validar sua ideia de negócio e confirmar o que você acredita ser verdadeiro sobre si mesma. As respostas podem te surpreender!

5. Quais são as suas Hard Skills?

Estas são as primeiras que vem à cabeça da maioria das pessoas quando perguntadas sobre suas habilidades. Na minha opinião, elas não são as mais importantes quando se o assunto é se tornar uma empreendedora de sucesso. As hard skills podem ser aprendidas, enquanto que uma soft skill não é adquirida fazendo um curso ou na faculdade. No entanto, se concentrar no uso dessas habilidades aprendidas é essencial para maximizar o seu potencial de sucesso.

6. O que você ama fazer?

Como você passa seu tempo quando não está trabalhando? Qual atividade te dá prazer? Fazer as coisas em que você já é boa e que gosta é mais seguro do que tentar coisas novas e que você nem sabe se tem talento. O risco de amargar um fracasso é grande.

Preste atenção nas coisas que você gosta de fazer e observe quais habilidades você emprega quando executa essas atividades. Dessa maneira, é mais fácil identificar suas principais forças.

7. Decidindo o que vem a seguir

Uma vez que, você tenha passado pelo processo de identificar as suas habilidades, soft e hard skills, a grande pergunta é: O que você fará com esse conhecimento?

Você terá uma visão clara sobre as habilidades adquiridas que serão mais úteis para começar seu próximo negócio. Assim sendo, cabe a você decidir o que fará com todo esse conhecimento.

Te garanto que fazendo esse processo, você estará na frente da grande maioria das pessoas. E vamos ser sinceras, normalmente, as pessoas são preguiçosas e não levam a sério esse tipo de processo de auto-conhecimento. Se comprometendo com você mesma, já estará na frente de todas essas pessoas. Pense nisso 😉

Já descobriu seus pontos fortes e habilidades? Quer saber as vantagens em ter o seu próprio negócio? Então lindona, dá uma passadinha no meu artigo sobre o assunto, tenho certeza que você vai se empolgar!