12 SEGREDOS DO DINHEIRO QUE OS RICOS SABEM E VOCÊ NÃO

0

Segredos do dinheiro. Eu acredito que você pode ser rica – não importa qual seja a sua situação financeira agora. Qualquer um pode ser rico, mas, para construir riqueza, é preciso ter um mindset diferente, ou seja, uma configuração da mente diversa da grande massa da população.

Abaixo está uma lista com 12 segredos do dinheiro que dos ricos sabem e você não, ou seja, coisas que você precisa saber para construir riqueza, mas que não são muito comentadas por aí).

segredos do dinheiro

Conforme fui crescendo, aprendi que tinha que ir à escola, ir para a faculdade e depois fazer especializações (longa história, foi assim que terminei na área de marketing). Toda essa quantidade de escolaridade somente para garantir uma boa carreira onde eu pudesse sustentar a mim e à minha família (ou seja, a escola leva ao trabalho, e trabalho que leva à grana). Mas depois de me formar na faculdade, depois de tanto empenho e uma pequena fortuna gasta, descobri que o caminho que eu havia tomado, não tinha me preparado para construir riqueza.

Você precisa mudar a sua maneira tradicional – e ultrapassada! – de pensar em dinheiro.

A maneira tradicional de pensar em dinheiro é: Estude que nem uma louca, tenha uma ótima educação, consiga um ótimo emprego e trabalhe duro.

É isso que somos ensinados pela nossa família e pelo nosso sistema educacional. E talvez, se você economizar suficiente que ganhou com o seu trabalho, poderá se aposentar em um dia.

Renda ativa é aquela que depende diretamente do seu trabalho, do seu esforço e do seu tempo.

Mas temos um grande problema: não possuímos muitas horas no dia. Mesmo que você trabalhasse todo o dia e toda a noite, sempre haverá um limite em sua renda, porque há apenas tantas horas no dia. O tempo é limitado.

Ganhar dinheiro trabalhando é apenas uma maneira de ter uma renda, e é conhecida como renda ativa. Mas se você quer muita grana, terá que consegui-la de outra forma. O dinheiro tem que trabalhar para você, ao invés de você precisar trabalhar por ele. Esse tipo de renda se chama renda passiva.

A nova maneira de pensar sobre dinheiro

Depois de ler Pai rico, pai pobre, de Robert Kiyosakifui apresentada a uma maneira diferente de pensar sobre riqueza. Desde então, li muitos livros sobre renda passiva, criação de riqueza, investimentos e negócios. Mudei o meu mapa mental sobre riqueza, e penso de uma forma muito diferente do tradicional “trabalhar duro pelo seu dinheiro”.

Então, aqui está a minha lista com os 12 segredos do dinheiro que ninguém te ensinou em casa ou na escola.

SEGREDO NÚMERO 1.

É realmente muito difícil progredir e enriquecer confiando apenas em uma fonte de renda ativa.

SEGREDO NÚMERO 2.

Confiar somente em uma fonte de renda significa que você depende completamente dessa fonte, é muito arriscado! Não existe mais estabilidade e para o mercado, todos são substituíveis. É mais seguro diversificar suas fontes de receita. Ou, de forma diferente, crie múltiplos fluxos de renda.

SEGREDO NÚMERO 3.

Basicamente, existem dois tipos de renda. O primeiro e tradicional, onde você trabalha e é pago por esse trabalho, chamado de “receita ativa”.

O segundo, a renda passiva. Temos como alguns exemplos, investir no mercado, ter uma empresa ou um imóvel que produzam renda.

Esses tipos de renda são tributados de formas diferentes, sendo a renda ativa, aquela que tem a carga tributária mais alta. Isso mesmo, aquele trabalho que você dá um duro danado, é o trabalho que o governo enfia a faca de forma mais violenta. Resumindo, quanto mais rico, menos trabalho ativo, menos imposto!

SEGREDO NÚMERO 4.

O rendimento passivo é o crème de la crème. É a melhor maneira, na minha opinião, de construir riqueza, porque os impostos são mais baixos e não dependem da troca do tempo por dinheiro.

SEGREDO NÚMERO 5.

Quer ficar rico? Compre ativos! Mas o que são ativos? Os ativos são os bens que garantem lucros todos os meses e incluem: Negócios, empresas, investimentos e propriedades. Para ser realmente rico, você precisa ter ativos, não é suficiente apenas ganhar muito. Aqui está um resumo de cada classe de ativos …

  • NEGÓCIOS. Um negócio é um ativo. Produz renda passiva e, por vezes, renda ativa.

  • MERCADO IMOBILIÁRIO. O mercado imobiliário cria fluxo de caixa e é considerado um ativo quando       é usado como uma propriedade de aluguel. Comprar uma casa com uma hipoteca de 30 anos para uso próprio não é um ativo mas é apenas um passivo, pois ela te dá gastos e não gera lucros. Tenha muito cuidado ao considerar sua residência pessoal como um ativo. As pessoas ainda cometem o erro de pensar que a casa que elas vivem é um ativo.

  • INVESTIMENTOS. Quando você investe no mercado de ações, tesouro direto, criptomoedas ( esse tipo de investimento é amado e odiado. Eu, particularmente, amo e estou colhendo ótimos frutos com o mercado de criptomoedas) e etc, e seus investimentos crescem, você ganha renda passiva. Investir é uma das formas mais comuns e populares de construir riqueza.

SEGREDO NÚMERO 6.

Para acumular recursos, o segredo é instruir-se. Aprenda sobre o mundo dos investimentos, familiarize-se com os vários tipos de investimentos e instrumentos financeiros e, depois, escolha uma área para se especializar. Comece a investir nesse campo e, depois, diversifique.

As pessoas que pensam pequeno dão duro, gastam todo o seu dinheiro e precisam trabalhar muito para sempre. Os ricos trabalham duro, poupam e investem para nunca mais terem que trabalhar.

SEGREDO NÚMERO 7.

Construir riqueza requer um patrimônio líquido positivo. Isso significa que seus ativos devem ser maiores do que suas dívidas . Seus débitos devem ser sempre mínimos. Evite parcelamentos de compras, adie a compra de objetos supérfluos, aliás, corte tudo que é supérfluo. Criar riqueza dá trabalho e requer disciplina, mas em compensação, quando tiver algum patrimônio seu, e o seu dinheiro estiver trabalhando para você, poderá se dar ao luxo de comprar seus mimos. Se sacrificar agora para gozar mais tarde, te garanto que valerá a pena.

SEGREDO NÚMERO 8.

Há uma considerável diferença entre orçamento e patrimônio líquido, e conhecer essa diferença muda completamente o jogo, com a mentalidade correta, você estará dentro do jogo das pessoas ricas. Qual mentalidade você possui, mentalidade do “orçamento” ou mentalidade do “patrimônio líquido”?

Mentalidade do orçamento: Eu vejo o orçamento mais como um gerenciamento de recursos. Quando você se concentra em um orçamento mensal ou anual, você está gerenciando seus recursos. Você acompanha sua renda e faz ajustes para evitar que suas despesas excedam a sua receita.

Vejo valor na mentalidade do orçamento, se usada como uma ferramenta para ajudá-la a aprender a autodisciplina financeira. Também é ótimo para começar a gerenciar suas próprias finanças pessoais. Você se acostuma a entender como funciona o fluxo de caixa e aprende a priorizar. Uma vez que você tenha um orçamento econômico e tenha estabelecido uma base sólida, é hora de expandir seus horizontes para uma mentalidade de patrimônio líquido.

Mentalidade do patrimônio líquido: A mentalidade do patrimônio líquido, por outro lado, obriga você a considerar as coisas do ponto de vista de longo prazo. Essa mentalidade vai além de simplesmente administrar seus recursos mês a mês. Em vez disso, você se concentra em um plano para construir riqueza a longo prazo. Claro, com um orçamento, você pode reservar um montante para economizar. Mas com uma mentalidade de patrimônio líquido, você procura formas de aumentar pequenas quantias em contribuições maiores para sua independência financeira.

O que te faz enriquecer não é o quanto você ganha, é o quanto você mantém.

A afirmação acima é muito forte e sempre que falo isso, as gastadoras – e duras – de plantão torcem o nariz veementemente. Mas é verdade, e a verdade dói! O dinheiro que você guarda (melhor ainda, investe), é o aquele que te permite ser financeiramente livre. O único caminho onde você pode fazer o que quiser no seu futuro, é ter um alto patrimônio líquido – sem isso, você está garantindo a si mesma uma vida inteira de trabalho e escolhas limitadas. Entendendo e aceitando isso, você vai poder se afastar do seu antigo emprego chato e perseguir seus sonhos – E foi o que eu fiz! 😉

SEGREDO NÚMERO 9.

Todos nós temos um modelo do dinheiro. O que é esse modelo? São crenças que, na maioria das vezes limitantes, temos sobre dinheiro e que estão enraizadas em nosso passado, como nossa família nos ensinou, falou, comentou sobre grana, por exemplo. Todos nós temos certos pontos de vista e agimos em conformidade. Mesmo que você pense que quer ser rico, se tiver sentimentos negativos sobre pessoas ricas, será muito difícil, se não impossível, construir realmente riqueza. Você simplesmente não atrairá as oportunidades de que precisa para ser rico.

SEGREDO NÚMERO 10.

A sua situação financeira é o reflexo você mesma. Você mesmo atrairá ou repelirá o dinheiro e as oportunidades. Se as suas finanças estão uma bagunça agora, você terá que trabalhar a si mesma antes de poder trabalhar a sua grana.

SEGREDO NÚMERO 11.

Se você quer ser bem sucedido, estude outras pessoas que tenham sucesso e saibam como ganhar dinheiro. Melhor ainda se você tiver acesso a uma dessas pessoas.

SEGREDO NÚMERO 12.

Ninguém vai cuidar das suas finanças e do seu patrimônio tão bem quanto você mesma, então escolha os profissionais com cuidado e acompanhe de perto. É por isso que estudei – e continuo estudando – sobre finanças pessoais, confio mais em mim do que em outras pessoas  😉

Concluindo, Eu aprendi muito sobre finanças e riqueza nos últimos três anos e, sem dúvida, isso mudou a minha vida para sempre! 🙂 Um brinde à uma vida financeira próspera!

E você? Aprendeu os segredos do dinheiro? Animada para começar?