Muita mães sonham em começar o próprio negócio sem sair de casa. Seja para estarem mais tempo com a família, ou para se realizarem profissionalmente ou porque não podem permitir-se serem somente donas de casa em tempo integral…

…Ou todas as alternativas acima! Está precisando de um empurrãozinho? Você também sonha em começar o próprio negócio? Então, continue lendo 😉

notebook, flores, caneca com café, pratinhos com biscoitos dispostos em uma superfície + texto: 9 vantagens em começar o próprio negócio

A gravidez ou o nascimento do primeiro filho é o principal fator para a decisão de começar o próprio negócio. Nos torturamos somente com o pensamento do inevitável retorno. No meu caso, a licença-maternidade era angustiante, pensar em deixar meu bebê em casa, gastar horas intermináveis entre trânsito caótico, insegurança e trabalho estressante e chato. Em suma, era uma tortura! Digo por experiência própria, na minha gravidez, eu estava num emprego-trampolim.

Pois é, é assim que eu enxergava emprego, e ainda continuo vendo dessa maneira.  Para mim, é apenas um trampolim, uma situação temporária de onde tiro grana para financiar meus projetos.

Cresci numa família de empreendedores, minha mãe tinha o seu negócio em casa – e tem, ainda hoje.

Sempre tive um grande desejo de começar o meu prórpio negócio.  Queria, também, cosntruir a minha família e ter tempo para eles, e ter uma empresa funcionando em casa, era a solução perfeita!

Talvez eu tenha sido influenciada pela minha família, apesar que, eu nunca fui incentivada a trilhar esse caminho, mas era inevitável, estava no meu DNA. Tive o privilégio de ter uma mãe presente e isso me influenciou positivamente. O mundo era muito melhor quando as mães asistiam seus filhos de perto, existia mais união.

Além disso, nunca tive perfil para ser empregada. Poucas vezes trabalhei para os outros, odiava procurar emprego, participar de entrevistas e seleções idiotas. Recorria a emprego quando precisava de grana para financiar meu negócio.

A ideia de me matar de trabalhar, não ter autonomia e fazer crescer a empresa de outra pessoa me irritava profundamente.

Se tens que se estressar, que seja com o seu negócio e não com o de outra pessoa!

Vindo de uma família de empreendedores e tendo iniciado três negócios sozinha, conheço os benefícios e a liberdade que o empreendedorismo pode trazer. Poderia passar um dia inteirinho enumerando as vantagens em ter o próprio negócio. Então, para resumir, vou te dar 9 vantagens em iniciar o seu próprio negócio, confira!

1 – Trabalhar para si mesma. 

Preciso dizer algo mais? Se você tem um chefe ruim, não preciso me estender. O seu chefe é gente boa? Ainda assim, te digo que, definir suas próprias regras, trabalhar para si mesma e estar no comando é muito capacitador e empoderador.

2 – Aumento da renda.

Este é um dos principais motivos para iniciar um negócio. No começo, sua empresa não dará lucro, mas se for bem gerenciada e você trabalhar da forma correta, aprendendo tudo o que puder, será só uma questão de tempo para começar a colher os frutos. Em resumo é isso, gerenciar o lucro, investir mais e ficar financeiramente livre.

3 – Potencial de realização / Aumento da auto estima.

Quando comecei meu negócio e este se tornou bem-sucedido, me senti a Mulher Maravilha, imbatível! Eu tinha objetivos mais concretos com os quais estava trabalhando e, consequentemente, alcançando uma a um. Alcançar esses objetivos e ver os frutos do meu trabalho, aumentou minha autoconfiança.

4 – Você adquire mais conhecimento e ganha novas habilidades ou se torna expert naquelas que você já usa.

Quando você inicia um negócio, a curva de aprendizagem geralmente é muito íngreme, é uma verdadeira avalanche de informação. Lembro-me de sentir que minha mente girava com tanta informação, bateu aquele desespero mas como sou teimosa e não aceito me sentir impotente, organizei minhas ideias e fui pra cima!

Depois de superar a curva de aprendizado, finalmente o ritmo se normalizou. Fiquei tão chocada e orgulhosa com tudo  que aprendi! Aprendi a fotografar; design gráfico, técnicas de copywrite, como usar o WordPress, construir blogs lindos, widgets e plugins; configurar um site; marketing digital; gerenciamento de mídias sociais; SEO; e tantas otras cositas más – Hehehehe.

Aprendi a fazer tantas coisas e a utilizar habilidades que nunca sonhei em desenvolver. Esses são talentos, conhecimentos e habilidades que ninguém pode tirar de mim. Mesmo que meu negócio falisse, eu poderia começar outro com o conhecimento e os talentos que adquiri!

5 – Forte senso de ética profissional.

A ética é o que diferencia um bom profissional dos picaretas. É considerado empreendedor, aquele que gera valor positivo para a coletividade, não é só sobre acumular dinheiro, é mais do que isso. Ter uma forte ética profissional ajuda a incrementar a renda, aumentar a autoconfiança e tornar a empresa bem-sucedida.

6 – Tempo livre e flexibilidade de horas.

Empreendedores geralmente podem definir seu próprio cronograma. Alguns deles, como no meu caso, podem trabalhar de qualquer lugar do mundo. É maravilhoso poder participar de eventos e não ser escravo do relógio.

7 – Você pode contratar os serviços de um profissional freelancer.

Contratar freelancers é fantástico! Eu adoro ter a oportunidade de delegar tarefas e pagar pela sua realização. É ótimo saber que as tarefas e o dinheiro estão sendo feitos mesmo quando não sou eu que estou fazendo pessoalmente.

8 – Você pode levar suas paixões, interesses e hobbies para o próximo nível.

Criar uma empresa permitirá que você concentre seu tempo, atenção e fundos na sua paixão.

Trabalhar em algo que se ama é uma das coisas mais vantajosas para se começar um negócio.

9 – Menos burocracia e menos (ou quase zero) impostos.

Confesso que, quando vivia no Brasil, odiava pagar impostos e fazia de tudo para burlar. Não me arrependo pois sempre tive que pagar por saúde, educação e tantas outras obrigações do governo. Não estou incentivando ninguém a fazer o mesmo! É apenas um desabafo.

Então, vamos ao que interessa! Atualmente existem 3 possibilidades para abrir uma empresa mas vou citar apenas o MEI (microempreendedor individual). A principal vantagem do MEI é de não pagar imposto sobre o faturamento ao Governo, apenas uma taxa fixa mensal. O empreendedor pode, inclusive, abrir um MEI sozinho no site do Portal do Empreendedor. Conforme a sua empresa cresce e fatura mais, muda-se o enquadramento para uma das outras 2 possibilidades.

Enfim, essas são as vantagens que me vem logo em mente. O que acham meninas, se sentem mais entusiasmadas em se tornarem empreendedoras?

Você já é uma empreendedora? Então, tem alguma outra vantagem que ache importante e que eu não tenha citado no artigo? Comente aqui em baixo!